sábado, 3 de agosto de 2013

Sonho

Sonho no escuro,
Sonho acordada,
Sonho, alvorada.

Sonho sem limites,
Com o espírito a vagar
Entre lembranças e o mar,
Irreais convites.

Sonho com a mente,
Sonho com as palavras,
Sonho se mentes.

Sonho assustada
Com o choque por vir
Entre a fantasia alada
E a realidade a me engolir.


Jejels, 26/07/2013.

Um comentário:

António Jesus Batalha disse...

É para mim uma honra acessar ao seu blog e poder ver e ler o que está a escrever
reparei que se tem esforçado por nos dar o melhor,
é um blog que nos convida a ficar mais um pouco e que dá gosto vir aqui mais vezes.
Posso afirmar que gostei do que vi e li,decerto não deixarei de visitá-lo mais vezes.
Sou António Batalha.
Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se ainda não segue pode fazê-lo
agora, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.
Que a Paz de Jesus esteja no seu coração e no seu lar.