sábado, 9 de maio de 2015

A música do teu suspiro

O timbre que me encanta
Às vezes silencia ao meu lado
Com o rosto ao meu colado,
Seu calor emana.

E sinto essa respiração
Tão próxima, tão doce,
A mim trouxe
Tremores no coração.

Uma suave sensação
De embriaguez e devaneio,
Desconexão com o meio,
Deixa-me sem ação.

E desejo apenas permanecer
Nesse estado de quase suspirar,
O resto do mundo esquecer
E os olhos fechar.


Jejels, 01/05/2015.

Nenhum comentário: