terça-feira, 17 de novembro de 2015

Um brinde ao presente

Olhar tinto.
Sol e céu nele estampados,
Enlaçados numa visão hipnótica,
Lógica da paixão desperta em mim.

Toque suave,
A delicadeza do momento aflora.
Afora nós, nada importa,
A porta se fecha a todo entorno.

Beijo leve,
Que entorpece todos os sentidos,
Aflitos pensamentos distancia
E vicia, com uma dose de esquecimento.


Jejels, 25/10/2015.


Nenhum comentário: