domingo, 20 de dezembro de 2015

Imagens oníricas

Abro os olhos e encontro os teus.
Um sorriso surge subitamente no rosto.
A mão repousa em meu dorso
E o tempo já não urge.

O sol está nascendo devagar,
A grama um pouco fria em nossos corpos,
Os medos já foram mortos
À luz das estrelas que ontem vimos brilhar.

Teus olhos ainda fechados
E teu semblante tão pacífico
Encantam-me nesse delírio onírico,
Nesse lugar jamais visitado.

Teus olhos ainda fechados
Quando abertos trarão o amanhecer
Com o sol nos teus olhos claros...
Os olhos hipnóticos em que vou me perder.


Jejels, 15/12/2015.

Nenhum comentário: