domingo, 28 de agosto de 2016

Retorno em agosto

Ah, minha Brasília cartesiana
Dos ipês em flor...
Não há como esquecer-te
Onde quer que eu for.


Jejels, 24/08/2016.

Nenhum comentário: