sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Euforia

Quando a alegria é tanta,
Faz festa, expande, dança
Na rua, na lua, na tua boca
Com essa vontade louca,
Entusiasmo de criança.

Quando a felicidade transborda,
Nos eleva, nos transporta
Da grama à cama, às nuvens,
Aos belos olhos que tu tens,
Teu sorriso, divina porta.

Quando o júbilo é gigante,
Faz cócegas, instiga, penetrante
No pulmão, no coração, na alma
Contrapõe a rotina calma,
Explode em beijo contagiante. 


Jejels, 15/05/2016.

Nenhum comentário: