segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Nuvem




Nuvem
é você
Que não
Posso tocar

Nuvem
É você
Que me faz sombra
E às vezes chora
Sem querer

Tão lá no alto
Mesmo se salto
Não alcanço

Nuvem
É você
Por mais
Que eu almeje
Te tocar

Só faço um sonho
Que evapora ao despertar.



Rubel.

Nenhum comentário: