quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Cores de Outubro

Estúpido amante,
Coração errante
A explodir versos, sorrisos,
Origamis, suspiros,
Surpresas coloridas
Num olhar cheio de vida
Que brilhava até nos dias escuros,
Transformava muros
Em nuvens suaves e delicadas
Com as quais hoje sonho acordada.


Jejels, 18/10/2016.

Nenhum comentário: