terça-feira, 4 de outubro de 2016

Suspiro aéreo

Da janela vejo as nuvens
Nossas memórias surgem
Tão alto, tão longe...
Mas sei onde te encontrar.

Ao fechar os olhos, posso sentir,
Ouvir, cheirar, tocar, reviver
Teus olhos cheios de sol e de luz,
Um rol de ti que me seduz.

E nas nuvens brancas, te imagino
Como nos brancos lençóis de aventura
Em tua cumplicidade, tua ternura.

E um suspiro escapa-me pelos lábios
Ao viajar com minha imaginação
Ao encontro do teu coração.


Jejels, 03/10/2016.

Nenhum comentário: